Produtos

Coragen 20 SC

Inseticida que atua por contacto e ingestão sobre larvas de coleópteros e lepidópteros

Formulação
Suspensão concentrada (SC) com 200 g/L de clorantraniliprol
Grupo Químico
Diamida antranílica
APV Nº
4020
Intervalo de Segurança
◘ 3 dias em tomate e videira (uva de mesa)
◘ 7 dias em milho doce
◘ 14 dias em batata, macieira, pereira e prunóideas
◘ 21 dias em milho
◘ 28 dias em videira (uva de vinho)

Vídeos relacionados

Classificação CLP


Muito tóxico para organismos aquáticos.

Rótulo


ATENÇÃO: A consulta deste site não dispensa a leitura
atenta dos rótulos. Leia sempre os rótulos.

Download em formato "pdf"

Propriedades

Coragen® é um inseticida à base de clorantraniliprol, que atua por contacto/ingestão em coleópteros e lepidópteros.

◘ Tem um novo modo de ação baseado na ativação dos recetores de rianodina (sistema muscular dos insetos).

◘ Esta ativação estimula a libertação descontrolada de cálcio, conduzindo ao esgotamento das suas reservas no interior das fibras musculares, provocando um imediato desajustamento da contração muscular e progressiva paralisia.

◘ Os insetos cessam a sua alimentação/movimento em poucas horas após a aplicação de Coragen®, morrendo após 2-3 dias da exposição ao produto.


Condições de Aplicação


Cultura Problema Dose Modo de Emprego
Ameixeira Bichado 160-300 mL/ha Aplicar durante a oviposição, antes das 1.ªs eclosões e aparecimento de estragos/penetrações nos frutos. Repetir após 10-14 dias.
Amendoeira Anársia 180-300 mL/ha Realizar um máximo de 2 aplicações por campanha para o total das finalidades, em cada cultura.
Avelã Balanino 180-300 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição antes das primeiras eclosões ou penetrações nos frutos. Desde a segunda queda natural dos frutos até estes estarem maduros (BBCH 73-87). Realizar no máximo uma aplicação por campanha para o total das finalidades.
Avelã Tortricídeo-dos-frutos 180-300 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição antes das primeiras eclosões ou penetrações nos frutos. Desde a segunda queda natural dos frutos até estes estarem maduros (BBCH 73-87). Realizar no máximo uma aplicação por campanha para o total das finalidades.
Batata Escaravelho 60 mL/ha Aplicar no início da eclosão dos ovos, antes que se observem estragos nas folhas. Repetir a aplicação após 14-21 dias, em função da pressão da praga.
Batata Traças 125-175 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição antes das primeiras eclosões. Desde o desenvolvimento da cultura até à senescência da folhagem (BBCH 31-93). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 8 dias.
Batata-doce Escaravelho 60 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição ou imediatamente logo que sejam visíveis os primeiros estragos. Desde o desenvolvimento da cultura até ao fim da floração (BBCH 31-69). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 10 dias.
Batata-doce Traças 125-175 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição antes das primeiras eclosões. Desde o desenvolvimento da cultura até à senescência da folhagem (BBCH 31-93). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 8 dias.
Beringela Lagartas 175-200 mL/ha Aplicar durante a eclosão dos ovos, antes de se obter estragos nas folhas ou perfurações nos frutos. Repetir após 7-14 dias. Aplicar apenas em ar livre.
Castanheiro Bichado 180-300 mL/ha Realizar um máximo de 2 aplicações por campanha para o total das finalidades, em cada cultura.
Citrinos Lagartas mineiras 50 mL/ha Tratar os novos rebentos, antes das 1ªs minas ou imediatamente após os 1ºs estragos. Repetir após 10-14 dias. Aplicar apenas em plantas de viveiro e na ausência de frutos.
Damasqueiro Anársia 0.2 L/ha Aplicar durante a oviposição, antes das 1.ªs eclosões e aparecimento de estragos/penetrações nos frutos. Repetir após 10-14 dias.
Damasqueiro Traça oriental 0.2 L/ha Aplicar durante a oviposição, antes das 1.ªs eclosões e aparecimento de estragos/penetrações nos frutos. Repetir após 10-14 dias.
Macieira Bichado 160-300 mL/ha Aplicar entre a oviposição e o estado de "cabeça negra", antes das 1.ªs penetrações nos frutos. Repetir após 14 dias, em função do nível de ataque.
Macieira Lagartas mineiras 160-300 mL/ha Aplicar no período de oviposição, antes do aparecimento das 1.ªs lagartas/sintomas. Caso seja necessário, repetir após 14 dias.
Marmeleiro Bichado 160-300 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição sempre antes das primeiras eclosões dos ovos e penetrações nos frutos ou antes que se observem as primeiras galerias nas folhas. A partir do desenvolvimento dos frutos, até estes estarem maduros (BBCH 71-87). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 14 dias. Realizar um máximo de 2 aplicações por campanha para o total das finalidades, em cada cultura.
Marmeleiro Lagartas mineiras 160-300 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição sempre antes das primeiras eclosões dos ovos e penetrações nos frutos ou antes que se observem as primeiras galerias nas folhas. A partir do desenvolvimento dos frutos, até estes estarem maduros (BBCH 71-87). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 14 dias. Realizar um máximo de 2 aplicações por campanha para o total das finalidades, em cada cultura.
Milho Brocas 100-150 mL/ha Aplicar no período de oviposição, antes das 1.ªs eclosões ou imediatamente após o aparecimento dos 1.ºs estragos. Repetir após 10-20 dias.
Milho Lagartas 100-150 mL/ha Aplicar no período de oviposição, antes das 1.ªs eclosões ou imediatamente após o aparecimento dos 1.ºs estragos. Repetir após 10-20 dias.
Nespereira Bichado 160-300 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição sempre antes das primeiras eclosões dos ovos e penetrações nos frutos ou antes que se observem as primeiras galerias nas folhas. A partir do desenvolvimento dos frutos, até estes estarem maduros (BBCH 71-87). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 14 dias. Realizar um máximo de 2 aplicações por campanha para o total das finalidades, em cada cultura.
Nespereira Lagartas mineiras 160-300 mL/ha Iniciar as aplicações no período de oviposição sempre antes das primeiras eclosões dos ovos e penetrações nos frutos ou antes que se observem as primeiras galerias nas folhas. A partir do desenvolvimento dos frutos, até estes estarem maduros (BBCH 71-87). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 14 dias. Realizar um máximo de 2 aplicações por campanha para o total das finalidades, em cada cultura.
Nogueira Bichado niciar as aplicações no período de oviposição antes das primeiras eclosões ou penetrações nos frutos. Desde a segunda queda natural dos frutos até estes estarem maduros (BBCH 73-87). Se necessário repetir a aplicação decorrido um período mínimo de 10 dias.
Pereira Bichado 160-300 mL/ha Aplicar entre a oviposição e o estado de "cabeça negra", antes das 1.ªs penetrações nos frutos. Repetir após 14 dias, em função do nível de ataque.
Pereira Lagartas mineiras 160-300 mL/ha Aplicar no período de oviposição, antes do aparecimento das 1.ªs lagartas/sintomas. Caso seja necessário, repetir após 14 dias.
Pessegueiro Anársia 160-300 mL/ha Aplicar durante a oviposição, antes das 1.ªs eclosões e aparecimento de estragos/penetrações nos frutos. Repetir após 10-14 dias.
Pessegueiro Traça oriental 160-300 mL/ha Aplicar durante a oviposição, antes das 1.ªs eclosões e aparecimento de estragos/penetrações nos frutos. Repetir após 10-14 dias.
Tomate Lagartas 175-200 mL/ha Aplicar durante a eclosão dos ovos, antes de se obter estragos nas folhas ou perfurações nos frutos. Repetir após 7-14 dias. Aplicar apenas em ar livre.
Videira (uva de mesa) Traças 210 mL/ha Tratar entre o período de oviposição e o estado de "cabeça negra", antes que ocorram as 1.ªs penetrações nos cachos. Repetir após 10-14 dias.
Videira (uva para vinificação) Traças 210 mL/ha Tratar entre o período de oviposição e o estado de "cabeça negra", antes que ocorram as 1.ªs penetrações nos cachos.

Volume de Calda Recomendado

700-1500 L/ha, à exceção de batata (300-1000 L/ha), citrinos (100-500 L/ha), milho e tomate (200-1000 L/ha) e videira (600-1200 L/ha).


Informações Complementares

◘ Para evitar a indução de resistências, não devem ser efetuadas mais de 1 aplicação em videira (uva de vinho) e 2 aplicações nas restantes culturas.

◘ Recomenda-se a alternância de Coragen® com inseticidas de outro modo de ação.


Embalagens

200 mL e 1L


Ficha de Dados de Segurança

Download em formato "pdf"