Produtos

Shark

Herbicida de contacto em pós-emegência para controlo de infestantes dicotiledóneas em culturas perenes, plantas arbustivas e arbóreas em viveiro e em zonas não cultivadas/vias de comunicação. Atua também como dessecante da massa foliar em batateira e desladroante em culturas perenes.

Formulação
Microemulsão (ME) com 60 g/L de carfentrazona-etilo
Grupo Químico
Triazolinona
AV Nº
0266
Intervalo de Segurança
◘ 3 dias em batateira
◘ 7 dias em ameixeira, aveleira, citrinos, macieira, oliveira, pereira, pessegueiro, kiwi e videira (quando utilizado como herbicida)
◘ 21 em videira (quando utilizado como dessecante de ramos ladrões)

Classificação CLP


Pode provocar reação alérgica cutânea.
Muito tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.

Rótulo


ATENÇÃO: A consulta deste site não dispensa a leitura
atenta dos rótulos. Leia sempre os rótulos.

Download em formato "pdf"

Propriedades

◘ O Shark atua através da inibição da enzima protoporfirina oxidase (PPO), causando paragem da fotossíntese seguida de uma dessecação muito rápida dos tecidos foliares.


Condições de Aplicação


Cultura Problema Conc. Dose Modo de Emprego
Ameixeira Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Avelã Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Batata Dessecante da massa foliar 200-330 mL 1 L/ha Utilizado como dessecante da massa foliar (folhas e caules). Aplicar assegurando uma distribuição uniforme quando a batateira possuir os tubérculos completamente desenvolvidos ou no início da senescência da batateira. Se for necessária uma segunda aplicação, esperar um intervalo de 5-7 dias.
Citrinos Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Kiwi Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Macieira Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Oliveira Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Tratar em mistura com um herbicida sistémico
Pereira Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Pessegueiro Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Videira (uva de mesa) Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.
Videira (uva de vinho) Infestantes (ervas) 60-100 mL 0.3 L/ha Em tratamento de Outono, utilizar em combinação com herbicidas sistémicos. Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas.

Volume de Calda Recomendado

300-500L/ha


Infestantes Susceptíveis

Corriola (Convolvulus arvensis), malva-silvestre (Malva sylvestris), beldroega (Portulaca oleracea), Oxalis spp., tanchagem-maior (Plantago major), erva-moira (Solanum nigrum), urtiga-maior (Urtica dioica).


Informações Complementares

SHARK® é normalmente usado em mistura com herbicidas totais, sistémicos ou de contacto, que complementam o espectro de ação.

◘ Em zonas não cultivadas, aplicar em mistura com herbicida sistémico, na dose de 0,3L/ha.

◘ Em manchas de infestantes, aplicar o produto numa contentração de 75mL/hL.

◘ O SHARK® pode ser utilizado como desladroante direcionando o tratamento para a zona dos rebentos (10-15cm de comprimento) com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja vegetação não visada, no volume de calda de 100-300L/ha em ameixeira, citrinos, macieira, oliveia, pereira, pessegueiro, kiwi (na concentração de 0,3L/hL), aveleira (na concentração de 0,35-0,4L/hL) e videira (aplicando em vinhas com mais de 2 anos entre a fase de cachos visíveis e o fecho dos cachos, na concentração de 0,3L/hL repetindo a aplicação quando surgirem novos ladrões).

◘ Durante a aplicação não atingir ramos em frutificação.

◘ É vantajoso um adequado humedecimento dos ladrões para assegurar uma dessecação eficaz.

◘ Durante a aplicação do SHARK® como dessecante, deve ser prestada especial atenção ao direcionamento dos bicos do pulverizador que devem ser apontados para a base do tronco das plantas onde se desenvolvem os ladrões.

◘ Não aplicar em dias de vento.

◘ Para obtenção de melhores resultados na atividade dessecante em batateira, evitar a aplicação em condições climáticas extremas: seca ou humidade excessiva, temperatura elevada e humidade muito baixa. Não aplicar o produto ao anoitecer. Não aplicar SHARK® em batateira afetada por ataque severo de míldio. É recomendado manter o agitador do pulverizador em movimento.


Embalagens

5L


Ficha de Dados de Segurança

Download em formato "pdf"